31 de outubro de 2011

Momentos Tensos....

     Gente, sabe aqueles momentos tensos da nossa vida, em que você pega e fala F$%%, pois é. Dei uma olhadinha no Mini Lua e fiz uma seleção dos momentos mais complicados só que em fotos...Ótima semana para todos.

29 de outubro de 2011

X-Men - O anime: Considerações finais

   Consegui terminar X-Men esta semana. Desde já digo que foi uma das melhores adaptações que já vi. O final foi muito corrido e tudo se dá nos últimos instantes, o que achei uma bobagem já que o roteiro tinha uma base bem sólida para dar uma dissolução mais simples e interessante.

     Bom, como sabem sempre coloco spoliers aqui, então se não quer ler: PARE. O filho do Charles no final é a grande ameaça. As coisas são explicadas rapidamente e a batalha final, que durou mais do que devia poderia ter sido bem mais coesa. Ele não mostra nem um terço do seu poder e tudo é bem superficial até.
      Como de costume há um certo exagero - já esperava isso - quanto aos poderes mutantes, como jovens que viram monstros gigantes e depois regridem a forma original. Há também muitos personagens mal explicados e mal explorados. Alguns aparecem nos primeiros episódios e nunca mais dão as caras. Isso é ruim, mas ainda assim, não desbanca a produção belíssima, muito bem animada e um enredo cativante. 
     O final convence em parte, e isso que disse não torna o anime menos bom, pois é muito bom produzido e vale a pena sim, em especial se curtir os mutantes como eu. A Jean é a personagem ausente aqui. Morrendo logo no primeiro capítulo... Mas ainda assim ela tem um papel interessante e no final é mais atuante do que nunca.

     Bom, eu recomendo. Os mutantes em uma visão ajaponesada de um jeito que nunca se viu... Se quiserem baixar, eu recomendo o Olny Animes. O formato é RMVB e está ruim, mas dá pra ver numa boa. Caso alguém encontre em qualidade melhor, me passe o link. Esse é um dos que quero na minha coleção. 

Filmes Que Andei vendo...Quando Me Apaixono

     Quando me Apaixono: Só assisti este filme por estar com saudades da atuação de Helen Hunt(como envelheceu essa moça), que mais uma vez consegue ser espetacular como protagonista. Fiquei surpreso quando soube que esta foi a estréia da atriz como diretora, sim ela dirigi este filme e faz um bom trabalho. No entanto, de longe é um dos melhores do gênero. O filme tem uma personalidade fraca que não cativa como deveria.
     April acaba de sair de um divórcio e pra piorar ela perde sua Mãe adotiva. Isso a deixa um tanto quanto desnorteada, até que ela é procurada por sua Mãe biológica (Bete Midler). A princípio ela duvida desta maternidade, mas logo constata que ela é mesmo sua Mãe, só então April decide tomar o rumo da sua vida e mudar a direção dos acontecimentos.
     O filme aborda temas interessantes, como adoção, abandono e ética moral. As atuações de Helen Hunt, Colin Firth e Bete Midler já são bons motivos para se ver o filme, mas não espere nada mais que uma comédia romântica mediana, pois não achará.  É uma boa pedida caso queira um filme típico "Seção da Tarde" pra ver.

22 de outubro de 2011

Supernatural Anime

     Olá pessoal, tudo bem? Bom, eu tive um tempinho livre aqui, então aproveitei pra terminar de ver Supernatural - o anime, baseado na já tão aclamada série de TV de mesmo nome. A princípio Supernatural-série não me atraiu. Achei um universo fantasioso demais e difícil de ser tragado pelo exagero de certos fatos (leia mulheres em chamas no teto do quarto). Tentei me interessar pela série uma ou duas vezes, mas não consegui mesmo.
    Quando soube do lançamento do anime não dei grande importância, mas admito que fiquei curioso, já que vejo a animação como um mundo onde "qualquer" tema, por mais absurdo que seja ou não, pode ser debatido, desenvolvido e vivenciado pelos criadores/produtores e por que não pelos espectadores.

     Supernatural me surpreendeu absurdamente. A animação já é um grande atrativo aqui, uma vez que o estúdio Mad House (Card Captor's Sakura, X-1999, X-men...) encabeça a minha lista de "animes favoritos" há um bom tempo. O visual é belíssimo e os protagonistas ficaram bem fiéis aos da série de TV, (o que não interessa pra mim, já que não vi e nem pretendo) no entanto achei muito bacana eles preservarem isso, uma forma de não afastar os fãs e cativar novos.
     Sempre tive paixão pelo sobrenatural (apesar de me borrar as vezes), e Supernatural tem tudo que admiro em obras do gênero: Ação, fantasia, sangue e muita aventura. Sobre o enredo, pra quem ainda não conhece, ele segue o mesmo esquema da série de TV: - Sam e Dean, irmão que tiveram suas vidas transformadas ao ter sua Mãe assassinada por um demônio.  A partir disto os dois são treinados pelo Pai para se tornarem verdadeiros caçadores de monstros ou criaturas que os valham. Ao longo do anime somos apresentados a história dos protagonistas e dos personagens secundários, focados em cada episódio.
     Acho que os personagens Boby e Missouri poderiam ter sido melhores explicados no anime, afinal suas participações foram de grande valia aqui. Gostei em especial de como a família é valorizada neste anime. Mesmo com seus problemas, eles se amam e isso tem um peso muito bacana no desenrolar dos fatos. Acho muita apelação a Mãe deles incendiar no teto da casa, (na minha modesta opinião, claro) achei apelativo, aliás isso serve para a série de tv também, já que pelo que entendi, o anime é reflexo fiel (ou quase isso) da série.
     No mais o anime é recomendadíssimo, tendo doses perfeitas de humor, terror, aventura e tudo mais que o gênero precisa para funcionar e funciona muito bem por sinal. O final é bem surpreendente e eu já estou torcendo por uma continuação, afinal, pelo que soube da minha irmã que acompanhou a série, o final da primeira temporada (do anime) é só o começo (da série de tv)... Assistam se puderem. vale mesmo a pena.

21 de outubro de 2011

Filmes Que Andei vendo...Outubro2011

     Hoje infelizmente não estou trazendo recomendações, pois os filmes aqui citados não me agradaram muito, no entanto acho interessante recomendá-los, uma vez que o meu gosto não pode ser exatamente como o gosto de vocês. Hoje em dia é complicado encontrar bons filmes que mereçam ser citados ou recomendados. A impressão que se dá é que a onda do 3D só veio para piorar a situação. Vejo que alguns filmes não precisam nem mais de um bom roteiro, desde que tenham efeitos em 3D. Isso é uma pena...Bom, mais vamos ao que interessa.
     Inverno da Alma era um dos filmes que estava doente pra ver, afinal foi um dos citados ao Oscar e até ganhou algumas premiações, mas... Bom, o filme é interessante, mostrando a difícil vida de uma garota que depois do sumiço do Pai, tem que arcar com as responsabilidades da casa. Sua Mãe parece catatônica, e ela tem dois irmãos menores também. Ree Dolly precisa encontrar o seu pai e sentimos que há uma espécie de silencio a respeito do assunto. Os vizinhos não querem comentar, e quando a garota corre atrás de resposta é até espancada.
     Aos poucos a garota começa a montar um quebra-cabeças e descobre aos poucos o que teria acontecido com o seu Pai. Ela esta aflita, pois o dinheiro está acabando e eles estão perto de perderem a casa onde moram. É um drama instigaste, mas a sensação quando o filme acaba é de que esta faltando um pedaço. E o desfecho?? Isso é tudo?? Foram perguntas que vieram a minha cabeça. Não sou contra a finais abertos, no entanto, uma conclusão mais concreta para uma história mais pé no chão, como a do filme, seria bem vindo. 
     Atividade Paranormal -Tóquio: Bom, quando assisti a Atividade Paranormal, fiquei completamente abismado - Como conseguiram criar algo tão assustador com uma idéia aparentemente simples? - foi uma pergunta pertinente naquele momento. O filme foi todo gravado com apenas uma câmera, que flagrava momentos assustadores de um jovem casal, recém mudados para uma casa aparentemente normal, mas que guardava estranhos acontecimentos. Eu achei muito interessante realmente, então não pensei duas vezes quando vi que tinha uma suposta "continuação" do filme.  Esta continuação aconteceria em Tóquio, e isso me deixou ainda mais interessado. Conclusão: Me decepcionei feio. O filme é muito ruim para os padrões atuais e nem de longe lembra a película anterior... Realmente não recomendo. "Mais do mesmo" não dá. Poderiam ao menos ter feito algo que valesse a habilidade extraordinária que os japoneses tem de se fazer terror (ou suspense).

19 de outubro de 2011

Deadmam Wonderland pela Panini

     Acabei de saber que a Panini vai lançar Deadman Wonderland e fiquei muito feliz. Acabei de ver o anime e a produção me surpreendeu muito. Pra começar eu devorei o anime em menos de uma semana (tive de baixar e minha net é fraca) e a trama é bem interessante apesar de entregar alguns fatos de graça para o espectador. A abertura é ótima e a animação excelente!! Bom, ainda não conheço o mangá, mas admito que estou curioso, se for tão bom quanto o anime - o que é bem provável - com certeza vai valer muito a pena.
     A arte é de Kazuma Kondou, que também escreveu e ilustrou Eureka Seven (este está em sorteio no Estúdio) - bem que havia notado alguma semelhança - mas é necessário notar a evolução no traço, que está bem limpo e levemente mais detalhado.

     Bom, ainda não li o mangá, mas posso resumir rapidinho o anime que já teve a sua primeira temporada finalizada no Japão. A história gira em torno de Ganta Igarashi (五十嵐 丸太- Detalhe, se escreve como pica-pau. A música que  a personagem canta no anime tem a ver com pica-pau, mas não entendi bem o que tem a ver com o garoto), que começa um dia normal na escola, rodeado por amigos e parece que vai ser um dia como tantos outros, no entanto, ele percebe no meio da aula, um ser de capa vermelha voando perto da janela. De súbido, este ser mascarado massacra toda a sua classe, matando 29 alunos de forma cruel e rápida. Por algum motivo ele poupa Ganta e o marca com o que é chamado no anime de "Correntes do Pecado".
     Ganta, como o único sobrevivente do massacre, acaba por ser acusado por ter cometido o mesmo. Misteriosamente surge um vídeo, no qual ele confessa ter sido o assassino. O garoto vai parar na prisão Deadman Wonderland, e lá é que somos aprensentados a todo o enredo do anime. Teria Ganta assassinado mesmo seus 29 colegas de classe? Quem seria o ser de capa vermelha a voar do lado de fora da janela?? 

        Achei o anime muito interessante e estou confiante em comprar a primeira edição do mangá, que com certeza merece uma olhadinha. Recomendadíssimo!

16 de outubro de 2011

X-Men - O anime

     Eu acabei de ver o primeiro episódio de X-men-o anime, e admito que fiquei bem empolgado com o mesmo. Achei que seria uma paródia desconcertada e imperfeita, mas me surpreendi com um anime bem acabado e sóbrio. A princípio o anime me parece promissor e me deixou bem instigado a continuar acompanhando. 
     Um dos personagens principais morre logo nos primeiros minutos. Isso já me deixou bem assustado, não imaginava tamanha ousadia dos japoneses, em adaptar um trabalho gringo e matar logo de cara um dos personagens mais queridos pelos fãs (pelo menos por mim). Após a morte deste personagem, Professor Xavier envia um chamado aos seus heróis mutantes, com uma nova missão: Hisako Ichiki (Armadura), foi seqüestrada, e juntos devem ir ao Japão para investigar o fato.

     Após um ano dos últimos acontecimentos, Scott reluta um pouco, mas acaba se juntando novamente ao grupo. Tempestade está linda e jovial neste anime, já o Professor X ganhou uma dublagem incoerente, que nada lembra a voz suave e complacente do fundador da escola X. O Fera lembra bem mais um lobisomem, mas com um focinho mais curto, já o Wolverine envelheceu um pouquinho e está bem mais corpulento se comparado a X-Men evolution.
     Estou curioso para saber o desfecho, mas como não gosto de misturar os animes que estou vendo devo terminar Supernatural e Junjou Romantica antes de partir de cabeça neste novo universo dos mutantes, que de fato impressiona pelo acabamento belíssimo e pela animação de qualidade invejável. O Caracter designer está incrível passa o realismo necessário para a trama. Recomendo!

15 de outubro de 2011

Biutiful - Recomendadíssimo!!

      PS: Este texto pode conter spoilers...
    
     Engraçado que quando achamos que a indústria do cinema está mau das pernas, surge um filme como Biutiful e nos arrebata de forma sedutora, para uma realidade abstrata e crua da vida de seus personagens.

     Admito que já esperava um bom filme, afinal, foi indicado ao Globo de Ouro (melhor filme estrangeiro) e duas indicações ao Oscar. O filme e soberbo na sua missão de ser simples e passar bem o recado. Admito que não sou um grande fã de Javier Badem, mas aqui ele está excepcional, impossível falar do filme sem comentar a sua participação única e por que não dizer peculiar. 
     A peculiaridade fica toda a cargo de seu personagem. Uxbal, Vive em Barcelona, onde tenta cuidar de seus dois filhos e ganha muito dinheiro com negócios ilícitos. Ele coordena todo um grupo que vende piratarias nas praças de Barcelona, e ao mesmo tempo, ainda tem que lidar com a sua ex-mulher, que pra variar é bipolar e apronta todas, como dormir com  seu irmão e bater no filho em suas crises de bipolaridade. Alé disso tudo, Uxbal tem a habilidade de ver e falar com espíritos, e usa esse dom para estorquir dinheiro dos parentes dos falecidos.
     Vejo Uxbal como um homem tão real que poderia até ser baseado em alguém. Seus defeitos e seu caracter são palpáveis e cabíveis a qualquer um. Talvez esse seja o grande trunfo do filme: o personagem muitíssimo bem construido por Javier. Apesar de todos seus erros ele é apenas um homem bom, que ajuda seus amigos e luta pra sobreviver, ainda que não seja de forma muito honesta, como explorar mão de obra estrangeira por exemplo.
     Tudo toma novos rumos na vida de Uxbal ao saber que tem câncer. Não foi falado no filme mas creio que se trata de câncer de próstata. O personagem urina sangue e por vezes até urina nas calças de tanta dor. Ele não chega ao declínio total. É perceptível o emagrecimento do personagem e sua vontade de continuar vivendo, e é bacana perceber como isso causa uma certa mudança em algumas pessoas que estão ao seu redor também.

     Resumindo, um filme completo e que prende a atenção até os momentos finais. Eu assisti e já estou com vontade de ver novamente. Este é o tipo de filme que temos vontade de mostrar aos amigos e guardar em um local bem visível na estante, para vermos muitas e muitas vezes.
     Ótimo final de semana a todos e bons filmes.

14 de outubro de 2011

Sabores - Jequiti - Ambrosia, o doce dos Deuses

     A Jequiti não para de surpreender e desta vez lançou toda uma linha baseando-se nas antigas e deliciosas receitas da Vovô. A vontade que eu tive quando vi esta coleção era de comprar tudo, mas como tenho me controlado últimamente só pude me aventurar na compra de dois produtos. Um deles foi o hidratante desodorante corporal Ambrosia, sim, baseado no famoso doce dos Deuses.

     Confesso que não é um dos meus doces favoritos, mas de fato o cheiro é magnífico. São 200gr de Hidratante para você se deliciar nas noites de Primavera. Gente, claro que vocês podem usar no momento que acharem mais adequado, mas recomenda-se o uso de hidratantes à noite, devido a melhor absorção pela pela.

     Fiz o teste e ele é muito eficiente no quesito hidratar e perfumar. A pele fica sedosa por mais de oito horas, eu garanto. Bom, na minha pele ficou muito bem, levando em consideração que a pele morena fixa melhor cheiros adocicados. 

     Resumindo: Vale muito a pena, eu adorei. A absorção pela pele é rápida e a hidratação é garantida. Ah, e ele é recomendado para todos os tipos de pele, então, esbaldem-se! Procure logo uma revendedora Jequiti e garanta o seu. O outro que comprei  é uma colônia, assim que chegar e experimentar comento aqui, ok. Té mais.