16 de setembro de 2011

Filmes Que Andei vendo...Agosto2011

     Bom, é complicado arrumar um tempinho pra fazer resenhas aqui, mais quando posso, corro até aqui e tento falar sobre o que vi. Só pra lembrar, não sou crítico de cinema, apenas falo dos filmes que vejo e gosto, sem nenhuma pretensão. Então vamos a mais uma leva dos filme que vi neste mês.

     Anjos e Demônios:  Gente, de boa. Este filme estava juntando poeira aqui, e adivinhem... Eu não queria ver pensando que não iria gostar. Maravilhoso. Se você gostou de "O Códiogo Da Vinci" vai se surpreender com este. O filme fez um estrondoso sucesso no ano passado, e não foi em vão, vale muito uma olhada atenta. Surpreende e prende a atenção na medida certa. 

      O mais bacana são as reviravoltas do filme, que te deixam de boca aberta sem saber o que pensar. O filme tem como pano de fundo a famosa 'Máquina do fim do Mundo' ou como é científicamente  chamado de 'O Acelerador de Partículas'. Acho que todos já ouviram falar. Acontece que a máquina gera uma espécie de anti-matéria, que se entrar em contato com a matéria, cria um tipo de bomba que tem uma capacidade absurda de destruição. Esta anti-matéria é roubada por terroristas, e possíveis membros do Illuminati, sociedade secreta da antiguidade que foi oprimida pela força católica e criou uma espécie de rebelião silenciosa contra o Vaticano. Bom, se continuar falando sobre o filme o post se tornar gigantesco. Vai atrás porque vale muito a pena!

     As Mães de Chico Xavier: Mais um filme de temática espírita. O tema muito me encanta e não resisti em ver este. O filme no início não agrada. Somos apresentados homeopáticamente a histórias diferentes e isso torna o filme um tanto confuso nos primeiros 30 minutos, mais com um pouquinho de paciência a trama começa a tomar forma, e toda a história dos diferentes personagens se cruzam num final emocionante. 

      O filme encera as produções em homenagem ao centenário de Chico Xavier, e mostra de forma sensível a história de Mães que perdem seus filhos de diferentes formas, e no fim encontram-se com Chico para ler uma última carta de esperança dos mesmo. Recomendo!

     Eu Sou a Lenda: Excelente filme de ação e zumbis. A trama é tecida sobre a cura de um vírus que foi criado para curar o câncer, no entanto este vírus foge do controle e de alguma forma, extingue boa parte da raça humana. 

      O filme me deixou em lágrimas, quando vi cidades inteiras abandonadas, como se a vida humana fosse apenas uma triste lembrança do passado. Me senti desolado ao ver as ruas vazias e nenhuma vida humana ali, é um futuro triste e talvez até possível, já que a humanidade evolui científicamente, mas moralmente deixa muito a desejar.

    Robert é um doutor, que por algum motivo foi imune ao vírus que tornou a humanidade um bando de zumbis. A principio somos levados a pensar que Robert é o único sobrevivente, não só de Mahattan, ou talvez do mundo.... Mas existem outros. Seres anormais que vivem nas sombras e se alimentas de carne e sangue humano.  O filme é perfeito e Will Smith esta fantastico aqui. Recomendadíssimo.

       Bom, não vou me aprofundar nos filmes citados, senão vou dar muitos spoilers, e a intenção é que vocês se interessem sem estragar a festa. Abraços.

2 comentários:

  1. Não vi nenhum desses filmes ainda, mas estão na minha lista. Quando pintar um tempo disponível... Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Entre os três só assisti "Eu sou a lenda", a parte que mais me comovel foi o fim da cadela (Se não me engano era uma femea.)
    É estranho ver aqueles maniquins pela cidade, ele os tratando como se fossem gente...além de assustador chega a ser engraçado a determinação dos zumbis em capitura o protagonista já que ele é o ultimo petisco da cidade.
    Gosto pricipalmente por que apesar de aparecer uma outra sobrevivente o filme não passa a ser um romance...melhor parar por qui =p

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar seu comentário. É muito importante pra mim saber o que estão achando do blog e dos assuntos comentados. Arigatou!!^^
PS: Não aceitamos comentários Anônimos. Grato por se identificar!