28 de setembro de 2017

O Retorno da Animax

          Se você já tem um vasto currículo como otaku, já deve ter tido o prazer de conhecer a Animax, uma revista informativa da década de 90, que trazia tudo que precisávamos saber a respeito de animes e mangás. Há duas décadas atrás, a internet se quer era popular ou acessível, e tínhamos que recorrer aos informativos, e assim se fez um vasto fandom aqui no Brasil. 
          Recentemente, o editor chefe Sérgio Peixoto, trouxe a maravilhosa ideia do possível retorno deste clássico. Será uma continuação direta das publicações que nos encantavam. Lógico, não é fácil existir neste meio editorial. Hoje temos acesso livre e quase instantâneo, a animes e mangás pela internet e há ainda, uma crise que ronda nosso país, que afetou em especial, o consumo literário no país, mas ainda há público e não é pouco. 

          Se você, assim como eu amava a Animax, não deixe de participar da pré-venda deste material, que será no mínimo, memorável e saudosista. O nome dos colaboradores será incluído nos créditos. A versão PDF custa apenas $2,00 e a impressa $12,00+Correio. Acho digno e mal posso esperar pela minha... Impressa, claro. Amo o cheirinho do papel. 

            Acesse: http://warpzone.me/loja/produto/animax51/ e colabore no projeto. Serão 32 páginas, com a já conhecida edição do grande Sérgio Peixoto e diagramação da própria WarpZone, a parceira do projeto. Ansioso. 

5 comentários:

  1. Animax foi a única revista da época que valia a pena, a única que trazia informação de verdade e tinha textos realmente críticos e inspirados. As demais revistas vinham com resumo de capítulos e fotinhas, visando apenas o dinheiro dos fãs, ninguém fazia sequer um pesquisa sobre o material fonte, autor etc Depois da Animax, a qualidade de algumas revistas que surgiram, era até melhor que as anteriores, mas não se comparavam. A Animax foi a maior responsável por divulgar e conquistar verdadeiros fãs para o universo do anime e mangá, fazendo dos seus leitores mais que apenas fãs de determinada obra. Sem medo de desafiar os fãs a ir além dos animes “modinha do momento”, também incentivou muitos jovens artistas e deu a alguns a oportunidade de provar do gosto de ter seus trabalhos sendo publicado num Mangá por todo território nacional! Enfim, eu não espero que esta geração YouTube entenda ou se importe com isso, hoje ninguém quer ler mesmo e sim dá um play. Mas estou feliz que depois de tantos anos poderei ter mais um número da Animax.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário perfeito Ronny. Mas de fato, será mesmo para os saudosistas e otakus mais antigos. Os otakinhos atuais, só querem dar um play, como você bem citou. Ah, não devemos esquecer a Herói, que bem ou mal, teve uma crucial participação da divulgação e expansão dos animes aqui no Brasil. Mas sim, era só mais uma que visava o lucro e afinal, é isso que faz o mercado girar. Abraços e obrigado por comentar.

      Excluir
  2. Não sei se você viu, anunciaram a volta da Ultra Jovem também
    http://maxiverso.com.br/blog/2016/11/07/revista-ultra-jovem-nostalgia-e-muito-dragon-ball/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cê tá de sacanagem? Correndo pra olhar agora mesmo. Obrigado pela dica!

      Excluir
    2. link errado
      https://www.facebook.com/UltraJovemOficial

      Excluir

Obrigado por deixar seu comentário. É muito importante pra mim saber o que estão achando do blog e dos assuntos comentados. Arigatou!!^^
PS: Não aceitamos comentários Anônimos. Grato por se identificar!