23 de março de 2011

Fimes Que Andei Vendo...(parte final)

     Bom, enfim vou terminar esta série de postagens, baseando-me na minha fome por filmes. Espero que alguém tenha se beneficiado das minhas resenhas. Que apesar de não serem técnicas, são particulares e de alguém que realmente 'adora cinema'. Lembrando, que algumas resenhas podem conter pequenos spoilers, mas que só instigarão os espectadores a correrem atrás de mais um filme na locadora... Assim espero.


     Beowulf:  Pra começar, quero dizer que em nada desmerece o filme ele ser produzido em CG (computação gráfica). No início, me decepcionei um pouco, pois os personagens me pareciam mortos, sem vida, mas a medida que fui me envolvendo com a trama, de imediato, me desprendi deste detalhe. O filme é bem feito e tem uma linha temporal muito envolvente, onde os personagens evoluem, envelhecem e desempenham bem o seu papel. Um épico perfeito para fãs de games e RPG. Amigos já haviam me falado desde filme antes,  me arrependi por não ter dado o valor antes.  Recomendadíssimo. 


     O Último Exorcismo: Um bom filme... ficou muito a dever se comparado aos anteriores. De qualquer forma é um longa de terror digno de ser visto. O filme conta a história de um Pastor farsante, que ao simular o exorcismo de uma garota, acaba por despertar de vez o demônio. O final é perturbador, e pra variar é um daqueles finais em aberto, inconclusivos...  De qualquer forma tá valendo, pois este final talvez seja o que há de melhor no filme.


     A Batalha do Império: Caramba...Fico até sem graça em criticar um filme de temática oriental (sou apaixonado pelo estilo), mas é impossível engolir a chatisse deste filme. Pra começar o título...Sem comentários. Bom, assistam por conta e risco. Nota 6. É uma pena, pois o filme traz um pouco da história de Confúcio, merecia um cuidado melhor. Ah sim, a fotografia é exemplar...Mas não salva o filme.


     A Rede Social: Me assusta que muitos tenham torcido para que a Rede Social levasse o Oscar. O filme é bom, mas daí levar o Oscar...Tá bem longe. Bom, se Guerra ao Terror conseguiu, não me surpreenderia com este aqui. Há de se admitir que o filme é muito bacana, se levando em conta que pegaram um tema pobre e fizeram este mega-sucesso...Tipo, a história do cara que criou o Facebook...Que se dane este cara, mais tipo, realmente conseguiram um excelente filme que cumpri bem o seu papel. Eu gostei. Os atores estão ótimos, o roteiro é bem amarradinho e prende bem o espectador... Por mais que se fale do filme, as criticas positivas devem se sobressair, boa fotografia e muitos prêmios na bagagem...Mas não merecia mesmo levar o Oscar...Mais do mesmo.

     Bom, encerramos aqui a nossa 'serie', mas continuarei a resenhar os filmes que for assistindo para vocês...

Um comentário:

  1. Preciso me atualizar cinematograficamente. Tem muito filme que eu passei batido... Reconheci o Chow Yun Fat ali. =) Pena que o filme é chato, mas mesmo sendo chato, eu sempre confiro os trabalhos dele. Bai!

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar seu comentário. É muito importante pra mim saber o que estão achando do blog e dos assuntos comentados. Arigatou!!^^
PS: Não aceitamos comentários Anônimos. Grato por se identificar!